• clique e saiba mais!

    Nossa ética

    Nossa ética

    O autor assume integralmente a responsabilidade pelos conteúdos publicados nesta página.

  • Convicção

    Convicção

    Um homem da ciência não deve ter desejos nem afeições, somente um mero coração de pedra (Charles Darwin).

  • Exatidão

    Exatidão

    Não questione a natureza...! Apenas respeite e contemple.

  • Simplicidade

    Simplicidade

    Na natureza o exuberante pode ser extremamente simples.

  • Determinismo

    Determinismo

    O determinismo genético é implacável e dele não se pode escapar!? Para o bem ou para o mal; interferências psíquicas, sociais e culturais podem evitar ou retardar a expressão do gene.

  • Certeza

    Certeza

    Tuas forças naturais, as que estão dentro de ti, serão as que curarão as suas doenças (Hipócrates).

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Traduza para o seu idioma! / Translate into your language!

Postagem em Destaque.

Incidentes de Biossegurança - Caso Nº 04.

Mitch estava trabalhando sozinho no sábado a fim de terminar uma análise que seria entregue na segunda-feira. Durante toda a manhã, ele ...

COVID-19 e a escalada da morte no Brasil.

0 comentários


ONG Rio de Paz - publicado em 18/06/2021

Há quem diga que o cenário caótico que se abateu sobre o país, por ocasião da atual pandemia, é resultado da incompetência do governo federal que tem a liderança do presidente Jair Messias Bolsonaro.

Embora eu tenha as minhas convicções políticas e partidárias cumpro o dever de, em respeito aos leitores, guardá-las para mim. Assim, a linha editorial deste blog não prevê manifestações políticas de cunho partidário e os leitores já devem ter percebido isto! Os posicionamentos que exteriorizamos aqui, embora não deixam de ser políticos, possuem outra dimensão e dizem respeito à politica de saúde, politica de educação, politica ambiental, enfim, políticas públicas de estado ou de governo.

Dito isto, considero que para conseguir uma marca dessas (500.868 mortos) foi necessário muito planejamento e articulação de governo. Assim;

Rotular o governo federal de incompetente no manejo da atual pandemia chega a ser um desrespeito. O governo federal está demonstrando sim competência. Muita competência..., para o mal.

E se estivéssemos lamentando esta tragédia numa perspectiva de cenário melhor para os próximos dias / meses até seria um alento. O problema é que são 500.868 mortos e a contagem continua a uma média de aproximadamente 2000 mortes por dia.

https://globoplay.globo.com/v/9619854/
Observando a imagem ao lado constatamos que, ao longo dos últimos quinze meses (março-2020 a junho-2021), a doença reinou no país. A curva de mortes sempre esteve em alta ou em tendência de alta.

Instituições de pesquisas e especialistas em epidemiologia / bioestatística apontam que se a campanha de vacinação não acelerar e se seguirmos negligenciando na adoção das medidas / atitudes não farmacológicas (distanciamento físico seguro, uso correto de máscara e higienização das mãos) poderemos atingir 850.000 mortes até o arrefecimento. Considerando o tamanho da população brasileira e a meta de vacinação com 1ª dose e 2ª dose dos elegíveis até dezembro de 2021, a aceleração teria que ser da ordem de 2.000.000 por dia. Sem querer ser alarmista é pouco provável que consigamos e a explicação é simples: Não tem doses disponíveis! Tem sim vacinas contratadas com entregas à conta-gotas porque quem contratou primeiro tem a preferência da entrega.

Não precisa ser "vidente" para perceber que a escalada de mortes por covid-19 continuará no Brasil nos próximos meses não só devido aos atos, atitudes e omissões do governo federal mas, também, porque a sociedade parece já ter decidido que não aceita morrer de fome isoladas nas suas casas. As pessoas, mesmos cientes dos riscos, estão se sujeitando às aglomerações do transporte público e das ruas em busca da sobrevivência. Em contraste, pessoas que tem condições de adotar as medidas de distanciamento físico abdicam do privilégio e aglomeram em festas, como se não houvesse amanhã.



Leia-me

Os micróbios são uma ameaça real à presença da espécie humana na terra?

0 comentários


Ao longo da, relativamente, curta história do homem na terra é recorrente a indagação acerca da prevalência da espécie humana no planeta sempre que situações que parecem incontroláveis ocupam de maneira importante o cotidiano da "Super Espécie". Interessante registrar que essas indagações nem sempre evidenciam preocupação! Algumas soam como manifestações de alívio, com um eventual desfecho que resultasse na eliminação da homem da face da terra.

Debruçando-me, imparcialmente, sobre a questão em apreço sou de opinião que se nos períodos de completa escuridão do conhecimento científico humano os micróbios não conseguiram eliminá-lo, admito que a oportunidade ou possibilidade foi perdida!

Em sendo solicitado estabelecer um marco temporal para o início do domínio do homem sobre os microrganismos eu me reportaria ao século XX, sobretudo a partir da segunda metade do referido século quando, com a descoberta da penicilina, a humanidade insere-se, efetivamente, na era dos antimicrobianos.

Concordo que as epidemias / pandemias que acometeram a humanidade até a primeira metade do século XX colocaram sim em dúvidas a permanência da humanidade. Um exemplo ilustrativo é a Peste Negra (Sec. XIV) que dizimou aproximadamente 1/3 da população da Europa. A Gripe Espanhola (Séc. XX) também foi extremamente agressiva e produziu milhões de mortes em todo o mundo.

Enterro coletivo em vala comum: Manaus, Brasil
Embora, no caso da atual pandemia (Novo Coronavírus), as imagens de enterros coletivos em valas comuns, em várias partes do mundo, sejam deprimentes e chocantes, a capacidade de resposta da ciência contemporânea se mostrou extremamente efetiva a ponto de, em tempos recordes, termos o isolamento do agente etiológico, que recebeu o nome de SARS-CoV-2, e a divulgação das primeiras vacinas com excelentes parâmetros de segurança e eficiência.

Também, em tempo recorde, a ciência acumulou informações eficientes / eficazes para prevenir o contagio e propagação da enfermidade (higienização das mãos, uso de máscaras, distanciamento social). No entanto, os governos e a sociedade precisavam ou precisam se apropriar e aplicar as orientações da ciência mas, em vários lugares do mundo não foi o que se viu e não é o que se está vendo. Fato é que, embora a pandemia do Novo Coronavírus ainda esteja bastante ativa no mundo, é possível afirmar que grande parte do fracasso no combate a essa enfermidade deve ser creditada a aspectos políticos e religiosos que ainda permeiam todo o curso da atual Peste. Misturam religião com interesses meramente político-partidários e o povo é estimulado a negligenciar as orientações de base científica.

Outras pandemias virão e a resposta da ciência será cada vez mais efetiva. Infelizmente vidas serão ceifadas, mas nenhuma pandemia colocará em risco a prevalência da espécie humana na terra. Salvo algum evento externo à biosfera, somente o próprio homem é capaz de viabilizar a sua própria extinção.



Leia-me
  • Já foi publicado...
    A definir...
    BRAVERY Epic Powerful Cinematic Orchestral Music.

    O painel abaixo registra o país e o número de pessoas do referido país que visitaram o site pela primeira vez.
    Bem vindos / bienvenidos / Bienvenue / 欢迎 / Welcome / Willkommen / benvenuto / ...
    free counters

    Siga-nos se for capaz...!