English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Translate into your language / Traduza para o seu idioma.

Enfim... Gestação humana in vitro!

2 comentários


Enfim, acabaram-se os problemas com a infertilidade e os desconfortos da gestação (...). Laboratório especializado em reprodução humana anuncia que desenvolveu tecnologia e garante realizar fecundação e gestação humana "in vitro".
Calma gente...estou brincando, pelo menos por enquanto! Não sei se vocês sabem, mas a ciência já domina a tecnologia da sexagem (identificação do cromossoma sexual dos gametas) e a tecnologia da fertilização in vitro. Sabem o que isso significa? Significa que em laboratório já é possível identificar em uma amostra de esperma os gametas que trazem o cromossoma sexual X e Y. Com isso pode-se definir, antecipadamente, o sexo do indivíduo a ser gerado por inseminação artificial, uma vez que é da junção do gameta masculino de cromossoma X ou Y com o óvulo (sempre X) que se tem o zigoto de combinação XY (sexo masculino) ou XX (sexo feminino).
A fertilização in vitro e a inseminação artificial foram evoluções tecnológicas importantes para a humanidade, pois resolveram sérios problemas de infertilidade entre casais desejosos de constituir família, mas que tinham problemas intransponíveis de infertilidade relacionados a pelo menos um dos membros do casal heterossexual. No entanto, a evolução não vai parar por aí! O próximo passo nessa linha evolutiva é a Gestação Humana in vitro. O que falta para isso é apenas a reprodução, em laboratório, das condições bioquímicas e biofísicas do ambiente intrauterino, o que não será uma tarefa fácil, dada a complexidade do liquido amniótico e das intensas interações bioquímicas e biofísicas que envolvem mãe-embrião e mãe-feto.
Mas vamos deixar a mente fluir e nos imaginarmos no ano 2500 com todos esses problemas de ordem técnica equacionados. Nesse tempo, as clinicas de fertilização estarão anunciando na mídia que dispõem dos recursos tecnológicos para realizar sexagem, fertilização e gestação in vitro. As mulheres, então, terão as opções da gestação nos moldes tradicionais ou a gestação em laboratório, livre dos desconfortos e dos contratempos do período gestacional fisiológico. Mas alguém pode perguntar: Como seria isso na prática? Respondo que, guardadas as devidas proporções, seria semelhante ao cultivo microbiano, que é realizado na rotina dos laboratórios de microbiologia, ou seja, a amostra, nesse caso o óvulo fecundado (zigoto) será depositado em um pequeno tubo de ensaio contendo uma solução aquosa sintética de líquido amniótico e colocado para incubar sob as mais rigorosas condições de temperatura, pressão, umidade, atmosfera gasosa, etc. Com o transcurso das semanas de gestação serão realizados vários repiques para tubos maiores, como também será renovado o volume de liquido gestacional para garantir a perfeita embriogênese. A mãe, por sua vez, será artificialmente estimulada a produzir os hormônios normais dessa fase, inclusive para garantir a lactação e consequentemente a amamentação, tão logo o feto conclua o seu desenvolvimento e deixe o último tubo de ensaio.
...vocês duvidam? É esperar pra ver!


Eugenia... Você foi selecionado!

O painel abaixo registra o país e o número de pessoas do referido país que visitaram o site pela primeira vez.
Bem vindos / bienvenidos / Bienvenue / 欢迎 / Welcome / Willkommen / benvenuto / ...
free counters
  •